Carimbó na Orla às 17 h
Cidade das mangueiras, cidade morena, cidade da chuvinha no fim da tarde. Cidade de muitos ritmos e cheiros e sabores. Cidade de gente hospitaleira e da diversidade abundante. Belém é descrita, em prosa e verso, pelas suas peculiaridades. Essa variedade de valores que atrai turistas de Norte a Sul e cativa nativos de todos os cantos está muito bem representada em dois dos mais agradáveis lugares públicos da cidade: a Estação das Docas (foto) e o Mangal das Garças. São pontos de encontro da gente com a brisa cariciosa da Baía do Guajará. A Estação das Docas é um caleidoscópio de Belém. Do sorvete de bacuri às rodas de carimbó embarcadas. Dos peixes grelhados, molhados ou sequinhos, temperados pelos chéfs ou a gosto do freguês, às seleções de essências suaves ou exóticas que exala das lojinhas. Da história emoldurada nas exposições e do espaço aberto do anfiteatro e suas atrações que vão do jazz às marionetes. Na foto, os dançarinos de camibó Rodrigo de Oliveira e Clecilene dos Santos. FOTO: THIAGO GOMES / AG. PARÁ DATA: 11.01.2017 BELÉM - PARÁ

Carimbó na Orla às 17 h

0 Comentários

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar